Home / Archivos / Revolução da Colher Sampa marcou presença na Disco XEPA com o Slow Food

Revolução da Colher Sampa marcou presença na Disco XEPA com o Slow Food

No dia 07/11/13, o restaurante do Chef Alex Atala, abriu as portas para uma festa animada, cujos alimentos, que foram coletados em Feiras e Mercados, mesmo estando em perfeitas condições de consumo, teriam sido descartados por estarem «feios». Os Chefs engajados realizaram um delicioso banquete gratuito em meio a uma festa com muita música e diversão! Disco Xepa é a tradução tropicalista do “Schnippel Disco” , um movimento mundial iniciado pela Slow Food Youth Network na Europa, que une música, amigos e fornecedores de alimentos contra o desperdício de comida no planeta.

575770_616443275068958_552280322_n

A ação tem rodado o mundo e chega agora aqui para ser realizada pela Slow Food Youth Network Brasil, Slow Food do Brasil e a Semana MESA São Paulo, fechando com chave de ouro o maior evento de gastronomia do Brasil, produzido pela revista Prazeres da Mesa e Senac-SP.

1456794_616444505068835_1861639152_n

Com o apoio de Chefs brasileiros e internacionais, imprensa mundial, militantes e amigos da causa, a noitada servirá a comida feita a partir do que sobra de «xepa» dos mercados e feiras da região e poderia ser absolutamente aproveitado, mas acaba no lixo.

rev rev2  rev5rev4

rev3
Realização: Slow Food Youth Network Brasil , Slow Food do Brasil e Semana MESA SP
Apoio: Baden Baden, Dalva e Dito, RUTINI WINES.
Agradecimentos: ATÁ , Gastromotiva, San Chef, Muda SP, Água na Jarra, Reality Projeções, 3RH, Dj Italo Balbino, Instituto Kairós, Terra Frutas Orgânicas, Revolução da Colher Brasil, Agrotóxico Mata, ONG Banco de Alimentos, Sonda Supermercados, La Pastina.

Fotos>
https://www.facebook.com/revolucaodacolher.sampa/media_set?set=a.616443218402297.1073741831.100001098731384&type=1

 

Sobre revobr

Revise también

Listado de productos que no experimentan en animales. Cruelty free Colombia

A continuación te presentamos un listado de productos en Colombia que no testean en animales, y otros que son muy populares y realizan experimentación animal. Esto con el fin de visibilizar la problemática, presentar alternativas y soluciones que se dan a partir de un "pequeño" cambio individual: abandonar el consumo de productos que torturan vidas inocentes, por artículos que no han sido testeados y son de igual o mejor calidad.

Deja una respuesta

EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish